Campanha da Fraternidade 2017

Introdução

 

Pero Vaz de Caminha chegou √† costa do territ√≥rio brasileiro e maravilhou-se com o que viu. Escreveu ao rei de Portugal: ‚ÄúEm tal maneira graciosa que, querendo-a aproveitar, dar-se-√° nela tudo; por causa das √°guas que tem!‚ÄĚ. Alguns anos mais tarde, come√ßa a ocupa√ß√£o e explora√ß√£o. Para realizar esse trabalho, come√ßa a explora√ß√£o e escraviza√ß√£o.

Com o avançar da história, começa o avanço para o interior. Aventureiros, bandeirantes e outros conquistadores interiorizaram o Brasil. Percebeu-se a imensa variedade de formas de vida, florestas, animais e povos.

Em tempos mais recentes s√£o delimitados e descritos os chamados biomas brasileiros.

Bioma: ‚Äúum conjunto de vida constitu√≠do pelo agrupamento de tipos de vegeta√ß√£o cont√≠guos e identific√°veis em escala regional, com condi√ß√Ķes geoclim√°ticas similares e hist√≥ria compartilhada de mudan√ßas, o que resulta em uma diversidade biol√≥gica pr√≥pria‚ÄĚ

Hoje, seria interessante nos perguntar: O que restou?

Precisamos nos perguntar qual destino estamos dando a tantas riquezas e qual Brasil queremos deixar para as gera√ß√Ķes futuras.

Somos mais de 200 milh√Ķes de brasileiros, 80% em cidades. O impacto disso sobre o meio ambiente p√Ķe em risco as riquezas naturais. O avan√ßo das tecnologias distancia as pessoas dos problemas socioambientais.

Pertencemos a uma mesma casa comum, dividindo esse planeta com sete bilh√Ķes de pessoas e bilh√Ķes e bilh√Ķes de seres vivos. A tens√£o entre a economia e a ecologia √© o maior desafio para a humanidade.

A proposta ecol√≥gica do Papa √© integral, entrela√ßando todas as dimens√Ķes do ser humano com a natureza. Ele nos coloca diante dos desafios colossais enfrentados pela humanidade, que est√° em uma verdadeira encruzilhada, em uma mudan√ßa de √©poca.

A Igreja tem sido uma voz prof√©tica e chamado a aten√ß√£o para os desafios e problemas ecol√≥gicos, apontado suas causas e apontado caminhos para sua supera√ß√£o. Muitas iniciativas a aproximaram do nosso povo para defender seus direitos e promover a conviv√™ncia harm√īnica com o meio ambiente em todo o Brasil.

Na Campanha da Fraternidade de 2017 vamos abordar cada um de nossos biomas. √Ä luz da f√©, nos interrogaremos sobre o significado dos desafios levantados. Abordaremos as principais iniciativas j√° existentes e apontaremos propostas em respeito √† cria√ß√£o que Deus nos deu para ‚Äúcultiv√°-la e guard√°-la‚ÄĚ.


Desenvolvido por CMC Multimídia